LABSLETTER #24
  SEMANA DE 2 A 9 DE JULHO

 

Após varias semanas de desvalorização do bitcoin, e da queda do valor das criptomoedas como um todo, o mercado de criptos teve uma leve recuperação. O bitcoin chegou a ser cotado em US$ 6.400 no inicio da semana passada, e fecha esta semana em, aproximadamente, US$ 6.800 .

 

Essa breve recuperação no mercado, contudo, não afastou críticas por parte de Agustín Carstens, presidente do BIS - uma espécie de Banco Central para Bancos Centrais -, que afirmou que as criptomoedas não têm os recursos principais para poderem ser consideradas moedas. Sendo assim, à seu ver, os jovens deveriam focar seus talentos em inovação e não em tentar criar dinheiro do nada . Carstens reiterou, ainda, que historicamente nenhuma tentativa de criação de dinheiro do nada foi bem-sucedida e que, portanto, tentar isto com as criptomoedas seria inútil.

 

Ainda nessa semana foi anunciado que a Bitmain - a controversa empresa especializada em mineração de criptomoedas - entrou na lista dos 21 Block Producers da rede EOS . Vale lembrar que na semana passada a Bitmain já foi alvo de controvérsia, uma vez que passou a controlar quase 51% do hashrate da rede Bitcoin, o que é preocupante por aumentar as chances da empresa concluir um ataque de gasto duplo com sucesso. Essa nova notícia, de que a Bitmain se posicionou na 10ª das 21 entidades que determinarão a governança da rede EOS - rede blockchain que promete solucionar os problemas de escalabilidade de suas rivais e cujo ICO arrecadou cerca de US$ 4 bilhões - só evidencia o controle que a empresa, atualmente valorada em US$ 12 bilhões, vem alcançando no mundo cripto.

 

Enquanto isso, na Índia, o Supremo Tribunal se recusou a derrubar a decisão do Banco Central de proibir que bancos, instituições financeiras e outras instituições regulamentadas forneçam quaisquer serviços relacionados a criptomoedas . Como forma de driblar esta decisão, as exchanges indianas vêm se adaptando com estratégias como a mudança para o mercado de balcão .

 

Em uma tomada diferente, Malta, que vem se posicionando na vanguarda no âmbito de criptomoedas e blockchain, se torna o primeiro país a promulgar leis que delineiam um framework regulatório robusto e completo. Algumas empresas da indústria já se mudaram para lá, como foi o caso da Binance, uma das maiores exchanges do mundo.

 

A bolsa de valores da Suíça planeja lançar sua própria exchange de criptomoedas (Business Insider) SIX Swiss Exchange, a empresa controladora que opera a bolsa de valores suíça, afirmou que abrirá uma exchange de criptomoedas em 2019.

 

Relatório de empresa de ciber segurança norte-americana aponta para aumento expressivo de roubos de exchanges na primeira metade de 2018 (Reuters) De acordo com a CipherTrace, empresa de ciber segurança, cerca de US$ 761 milhões foram roubados em exchanges desde o começo deste ano em relação à US$ 266 milhões roubados em 2017.

 

CEO do maior banco estatal russo afirma que o estado manterá um papel centralizador na emissão de moeda (Cointelegraph) Herman Gref, CEO da Sberbank, afirmou não estar preparado para aceitar criptomoedas como uma alternativa à emissão de dinheiro por parte do banco central.

 

Maior exchange do mundo visa obter lucros de US$ 1 bilhão em 2018 (Bloomberg) Em uma entrevista com a Bloomberg, o CEO da Binance diz que a exchange pode chegar a lucrar até US$ 1 bilhão em 2018. Com planos de expandir pela África e pela Europa, Zhao não se vê desmotivado com a queda de valor das criptos.

 

Maior empresa de ETFs da União Europeia está expandindo para produtos de criptomoedas (Coindesk) Dennis Dijkstra, co-CEO da Flow Traders NV, afirmou, em entrevista à Bloomberg, que estará expandindo para produtos financeiros baseados em criptoativos, mais especificamente bitcoin e ether.

Por que empresas precisam participar do mercado de tokenização de ativos (Paul Brody, Coindesk) Paul Brody, executivo da EY e líder global de blockchain da mesma, afirma que gradualmente, conforme o mercado de tokenização de ativos em blockchain vá maturando, empresas poderão se beneficiar, por exemplo, através do rastreamento de processos complexos na gestão de cadeia de suprimentos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>