SEMANA DE 17 A 23 DE ABRIL

 

O mercado de criptomoedas recuperou o fôlego nessa semana, o que garantiu ganhos estáveis aos seus investidores. O bitcoin – seu principal ativo -, que no primeiro de abril alcançou a mínima de US$ 6.550, está sendo cotado em aproximadamente US$ 8.900  . Com essa recuperada, a capitalização de mercado total está se aproximando dos US$ 400 bilhões  .

 

A semana também foi marcada por uma onda de regulamentação no setor. Na União Européia essa onda resultou em uma regulamentação mais rigorosa, a qual foi votada pelo seu Parlamento . A nova legislação procura abordar o anonimato da tecnologia financeira através da implementação de regras para exchanges de criptomoedas, plataformas e provedores de wallets. De acordo com as medidas, essas entidades devem estar registradas junto às autoridades e terão que aplicar os procedimentos de due diligence, inclusive para a verificação do cliente.

 

Na Coréia do Sul, por outro lado, a regulamentação foi criada de dentro para fora, isto é, foi uma entidade autorreguladora que delineou 14 novas regras para determinadas exchanges domésticas . A Associação da Indústria de Blockchain Coreana anunciou a criação de suas próprias regras para as exchanges, dentre as quais destacam-se as medidas contra lavagem de dinheiro do governo que impõem a necessidade de identificação dos usuários e de seus históricos de transações.

 

Já nos Estados Unidos a apreensão de como será feita a regulamentação levou os principais investidores em criptomoedas - Andreessen Horowitz e Union Square Ventures - a se encontrarem com membros da SEC para discutir possíveis isenções regulatórias para certos tokens  . Representantes das empresas argumentaram que uma regulamentação complexa pode suprimir a inovação no setor.

 

O resultado desta reunião é de todo muito relevante para o mundo cripto, e, nessa semana, parece ter se tornado ainda mais importante para Andreessen Horowitz, na medida em que a Coinbase, que faz parte de sua carteira de investimentos, anunciou a aquisição da Earn.com , uma das startups mais bem financiadas do setor. A startup, que foi adquirida por mais de US$ 100 milhões, lançou uma rede social destinada a incentivar os usuários a concluir tarefas em troca de recompensas em criptomoedas. Como parte da aquisição, Balaji Srinivasan, co-fundador e CEO da Earn.com, se tornará o primeiro diretor de tecnologia da Coinbase.

 

 

 

HIGHLIGHTS DA SEMANA

 

Youtuber do mundo de Cripto é hackeado e teve US$ 2 milhões roubados durante transmissão ao vivo (The Verge)

Ian Balina teve seus fundos em criptomoedas comprometidos devido a falhas de segurança, e está trabalhando com o FBI. Ele afirma que o responsável pelo ataque já foi identificado.

 

Vitalik Buterin, criador da Ethereum, fala sobre a bolha das criptomoedas e a administração de um blockchain de US$ 125 bilhões  (FT)

Buterin fala sobre os altos e baixos de estar no comando da segunda maior criptomoeda.

 

Nova York busca mais transparência de exchanges de criptomoedas (Reuters)

Na terça-feira, o Procurador-Geral de Nova York enviou notificação para 13 exchanges solicitando informações sobre suas operações, estruturas de taxas e medidas de segurança.

 

Empreendedores chineses têm algumas respostas criativas à repressão do governo às criptomoedas (MIT Technology Review)

A repressão do governo chinês desencadeou inovações, como foi o caso do Loopring, uma plataforma de software open-source que permite a criação de exchanges descentralizadas.

 

Cambridge Analytica planejou lançar seu próprio ICO antes da controvérsia do Facebook  (Reuters)

Antes de se envolver no escândalo, a Cambridge Analytica teria procurado uma empresa especializada para aconselhá-la em como lançar seu token para arrecadar US$ 30 milhões.

 

 

PRINCIPAIS NOTÍCIAS NO BRASIL

 

XP vai criar corretora de criptomoedas (Portal do Bitcoin)

A maior empresa de investimentos do Brasil registrou a corretora como XDEX Intermediação Ltda., com capital social de R$ 25 milhões.

 

 

OPINIÃO

 

Uma abordagem imparcial para as criptomoedas (IMF Blog; Christine Lagarde) Lagarde aborda a análise das promessas das criptomoedas de forma imparcial, e afirma que as criptomoedas que sobreviverem podem ter um impacto significativo na forma como economizamos, investimos e pagamos nossas contas. Por essa razão, a seu ver os formuladores de políticas devem manter a mente aberta e trabalhar em prol de uma estrutura regulatória imparcial que minimize os riscos e, ao mesmo tempo, permita que o processo criativo dê frutos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>